Disciplinas do Programa
Conheça todas as disciplinas!

Introdução à toxicologia; toxicologia ambiental e ecotoxicologia; fundamentos de ecotoxicologia
aquática; tipos de produtos tóxicos: compostos naturais e xenobióticos; classificação dos efeitos tóxicos e
rotas de entrada dos produtos tóxicos; poluentes e contaminantes; inter-relações dos contaminantes
entre os compartimentos ambientais; origem da contaminação ambiental; processos de transporte e
transformação de contaminantes nos ecossistemas aquáticos; destino dos contaminantes nos organismos
e no ambiente; interação de poluentes com a biota; organismos indicadores de qualidade ambiental;
monitoramento ecológico e biomonitoramento; testes toxicológicos com organismos aquáticos;
bioensaios padrões; avaliação de risco ecológico.

Conceitos básicos sobre contaminação e poluição. Tipos de contaminantes. Contaminação orgânica.
Hidrocarbonetos de petróleo e poliaromáticos. Compostos orgânicos sintéticos. Contaminação por
compostos metálicos. Resíduos sólidos e a questão da reciclagem. Consequências e efeitos da poluição no
ecossistema. Importância dos aportes atmosféricos. Legislação

Contaminantes orgânicos em ambientes aquáticos. Formação e distribuição. Fatores que controlam a
distribuição. Trocas entre sedimento e água. Ciclagem dos contaminantes orgânicos. Mecanismos e vias
de transportes de compostos orgânicos. Relações entre processos orgânicos e a composição no meio
aquático. Transferência ao longo da cadeia alimentar. Papel dos organismos na ciclagem. Avaliação da
contaminação por compostos orgânicos.

Mecanismos de eutrofização de águas continentais e marinhas: causas (fatores bióticos e abióticos) e
consequências. Efeito da eutrofização sobre florações de algas (cianobactérias e outras). Estudos de casos
típicos. Impacto nas populações dos ecossistemas. Práticas com bioensaios de toxicidade de
camundongos e Artemia. Relações alopáticas. Bioacumulação de toxinas e transferência à cadeia trófica.
Bioquímica e fisiologia das cianotoxinas e de outras toxinas. Análise e determinação de micro e
nanoquantidades de toxinas na água, sedimento e material biológico. Uso de equipamento de
Cromatografia Líquida de Alta Performance (HPLC) e técnicas de inibição enzimática.

Técnicas de amostragens de água e sedimento e realização de coletas de amostras no estuário da Lagoa
dos Patos, as quais serão preservadas e, posteriormente, analisadas com nos seguintes métodos:
métodos condutimétricos, potenciométricos, titrimétricos, gravimétricos e fotométricos: a)
espectrofotometria na faixa de luz visível, b) espectrofotometria com utilização do sistema de injeção em
fluxo contínuo (FIA) de amostras, c) espectrofotometria de absorção atômica. Interpretação dos dados
das amostras coletadas no estuário, durante as análises realizadas nas aulas práticas. Elaboração de um
relatório final contendo todos os cálculos e resultados.

Disciplina eletiva onde o aluno matriculado tem a obrigação de assistir a vinte seminários e a apresentar pelo menos um seminário por semestre.

Disciplina obrigatória para bolsista de agências de fomento que ministram aulas em cursos de graduação sob a orientação do professor responsável pela disciplina escolhida.

Introduzir e discutir os processos físicos que influenciam a produção biológica no ecossistema marinho. O curso enfatizará a interação entre processos físicos, químicos, geológicos, apresentando, também a forma como estes influenciam a biologia de organismos presentes no ambiente aquático. A interação destes processos, criando um ecossistema marinho dinâmico em diferentes escalas de espaço e tempo, é o tópico desta disciplina.
Página 3 de 4